Igreja de Santa Marinha de Real reclassificada como monumento de interesse público

A Secretaria de Estado da Cultura acaba de reclassificar a igreja paroquial de Santa Marinha, da freguesia de Real, como monumento de interesse público, incluindo o património móvel integrado e respectivo adro e escadaria.

A igreja paroquial de Real surge inicialmente referenciada em documentação do século XIII, relativa a um templo situado em localização distinta, que foi substituído, ao longo do século XVIII, pelo edifício atualmente existente, considerado um dos maiores do concelho de Castelo de Paiva.

O imóvel setecentista é composto por um corpo de arquitectura austera, com fachadas sóbrias, torre sineira de grandes dimensões e elementos decorativos concentrados no portal principal correspondendo a esta depuração formal um espaço interno amplo e profusamente decorado.

No âmbito da instrução do procedimento de fixação da Zona Especial de Proteção (ZEP), a Direcção-Geral do Património Cultural, em articulação com a Direcção Regional de Cultura do Norte, procedeu ao estudo das restrições consideradas adequadas, que obtiveram parecer favorável do Conselho Nacional de Cultura para a reclassificação do monumento de interesse público.

sobre o autor
Ana Isabel Castro
Discurso Direto
Partilhe este artigo
Relacionados
Newsletter

Fique Sempre Informado!

Subscreva a nossa newsletter e receba notificações de novas publicações.

O envio da nossa newsletter é semanal.
Garantimos que nunca enviaremos publicidade ou spam para o seu e-mail.
Pode desinscrever-se a qualquer momento através do link de desinscrição na parte inferior de cada e-mail.

Veja também