Casa-Museu Regional acolhe a apresentação do livro “Vidas de Trabalho no Feminino: Entre o Campo e a Cidade”

A obra de Clotilde Valente intitulada “Vidas de Trabalho no Feminino: Entre o Campo e a Cidade” será apresentada, no dia 22 de junho, às 16:30h, na Casa-Museu Regional de Oliveira de Azeméis.

A apresentação da obra será feita pelos professores Francisco Reimão Queiroga e Henrique Manuel Pereira, e o evento conta ainda com um momento musical protagonizado por João Melo, na guitarra.

 

Sobre a autora e a obra:

Clotilde Valente nasceu em 1938, em Samil, freguesia de São Roque, concelho de Oliveira de Azeméis. Frequentou o colégio Castilho, em S. João da Madeira até ingressar, em 1958, na Escola do Magistério, em Vila Real. Lecionou no concelho de Oliveira de Azeméis, São João da Madeira e Santa Maria da Feira. Casou em 1962. Tem quatro filhos e dez netos, que considera a sua maior fortuna. Fez parte da comissão instaladora do Museu de Chapelaria, em S. João da Madeira. Aos 55 anos, quando se aposentou, ingressou na Universidade Fernando Pessoa, onde se licenciou em Antropologia.

Sob a forma de monografia e tese final da licenciatura em Antropologia, surge a obra “Vidas de Trabalho no Feminino: Entre o Campo e Cidade”, que aborda o exemplo de vida de duas mulheres do mundo rural, pré 25 de abril, sendo uma personagem lavradeira-leiteira e a outra lavradeira-manteigueira.

sobre o autor
Ana Margarida Alves
Discurso Direto
Partilhe este artigo
Relacionados
Newsletter

Fique Sempre Informado!

Subscreva a nossa newsletter e receba notificações de novas publicações.

O envio da nossa newsletter é semanal.
Garantimos que nunca enviaremos publicidade ou spam para o seu e-mail.
Pode desinscrever-se a qualquer momento através do link de desinscrição na parte inferior de cada e-mail.

Veja também