Comunidades protagonizam espetáculo itinerante “Dar + Vida à Aldeia” nas freguesias de Arouca

Primeiro espetáculo acontece a 2 de junho em Regoufe e conta com a participação de mais de 50 pessoas

As Comunidades arouquenses vão protagonizar um espetáculo itinerante e circular que vai “Dar + Vida Pela Freita, Arada e Montemuro – Vidas que brotam das montanhas”. Este é o nome do primeiro espetáculo de teatro que resulta do projeto municipal “Dar + Vida à Aldeia”, e que vais ser apresentado pela primeira vez este domingo, 2 de junho, pelas 15h30, na aldeia de Regoufe. O mesmo conta com a participação de mais de meia centena de pessoas das freguesias de Alvarenga, Cabreiros e Albergaria da Serra, Canelas e Espiunca, Covêlo de Paivó e Janarde e Moldes. A entrada é livre.

Esta peça de teatro resulta de estórias, lendas, cantigas, tradições e jogos recolhidos junto dos habitantes daquelas cinco freguesias, na primeira fase do projeto. Essa informação deu origem a pequenos textos dramáticos que refletem as memórias comunitárias e pessoais, interligando-as com a perspetiva crítica que os habitantes estabelecem entre o passado e o presente, o tempo do minério, do leite, da floresta e da agricultura de subsistência e a era das migrações, da desertificação e do envelhecimento, mas também da valorização do mundo rural, das condições de vida, da educação e do turismo na região.

Os textos foram trabalhados pelas pessoas das comunidades e são agora apresentados num espetáculo itinerante e circular que leva o público de cena em cena, ao som da música e das cantas, modas ou cantigas das diferentes freguesias, dando ainda mais vida às comunidades das aldeias visitadas e nas quais se realizarão os restantes quatro espetáculos do primeiro ciclo do projeto “Dar + Vida à Aldeia” (ver calendarização abaixo). As comunidades, que numa primeira fase foram fonte de informação, são agora as protagonistas do espetáculo que ajudaram a preparar e que terminará com um baile comunitário.

Alvarenga, Cabreiros e Albergaria da Serra, Canelas e Espiunca, Covêlo de Paivó e Janarde e Moldes foram as primeiras cinco freguesias trabalhadas no âmbito do projeto “Dar + Vida à Aldeia”. No segundo semestre de 2024 serão trabalhadas mais cinco, ficando para 2025 as restantes seis freguesias, repetindo-se o processo: pesquisa e recolha de vivências e partilhas do património imaterial das comunidades, seguindo-se a criação, encenação, produção e montagem de espetáculos de teatro inéditos, que serão depois apresentados em palcos improváveis nas freguesias participantes.

“Com o projeto “Dar + Vida à Aldeia”, o Município de Arouca pretende promover uma programação itinerante numa lógica de cultura para todos, democratizar a arte do teatro e envolver os arouquenses na preparação de objetos artísticos, tanto na recolha de informação como na operacionalização dos espetáculos”, afirma a presidente da Câmara Municipal de Arouca, Margarida Belém.

O investimento municipal é de 43 200€ e a dinamização está a cargo do NEFUP – Núcleo de Etnografia e Folclore da Universidade do Porto.

A ação “Dar + Vida à Aldeia” insere-se na oportunidade de financiamento “Planos de Ação das Operações Integradas em Comunidades Desfavorecidas da Área Metropolitana do Porto”, na operação “Arte e Cultura na Eira”, através do Plano de Recuperação e Resiliência (www.recuperarportugal.gov.pt).

Fique com as apresentações do espetáculo “Pela Freita, Arada e Montemuro – Vidas que brotam das montanhas”:

2 de junho | 15h30 | Regoufe (União de Freguesias de Covêlo de Paivó e Janarde)

15 de junho | 17h00 | Canelas de Baixo (União de Freguesias de Canelas e Espiunca)

22 de junho | 17h00 | Fuste (Moldes)

30 de junho | 15h00 | Albergaria da Serra (União de Freguesias de Cabreiros e Albergaria da Serra)

27 de julho | 17h00 | Noninha (Alvarenga)

 

Foto:MA

sobre o autor
Ana Isabel Castro
Discurso Direto
Partilhe este artigo
Relacionados
Newsletter

Fique Sempre Informado!

Subscreva a nossa newsletter e receba notificações de novas publicações.

O envio da nossa newsletter é semanal.
Garantimos que nunca enviaremos publicidade ou spam para o seu e-mail.
Pode desinscrever-se a qualquer momento através do link de desinscrição na parte inferior de cada e-mail.

Veja também