Histórica subida do FC Arouca foi há 11 anos!

O dia 12 de Maio de 2013 é uma das datas mais importantes da história do Futebol Clube de Arouca, pois foi nesse dia que os arouquenses conquistaram a histórica subida à Primeira Liga pela primeira vez.

A cumprir a terceira temporada seguida na Segunda Liga (e também as únicas participações nesse escalão até então), a decisão da subida foi jogada a 12 de Maio de 2013, num encontro no Estádio Municipal de Arouca frente ao União da Madeira. Nessa quente tarde de domingo, a única bancada que o estádio tinha à altura ficou totalmente preenchida pelas cores canarinhas do clube. Bastava um empate para se confirmar o feito histórico, mas a equipa comandada por Vítor Oliveira, o Rei das Subidas, fez mais do que isso: venceu o jogo por 3-0, com golos de Joeano, André Claro e Soares, todos marcados na primeira parte.

Após o apito final, os adeptos correram para o relvado, de modo a acarinhar todos os heróis que tinham acabado de fazer história. A festa prolongou-se pela tarde adentro, com o plantel a passear pelo centro da vila num autocarro. Posteriormente, compareceram num palco colocado na Praça Brandão de Vasconcelos onde se uniram aos arouquenses para a festa mais que merecida.

Foram vários os feitores desta empreitada, mas de todos há três nomes incontornáveis que se destacam.

O primeiro é o de Carlos Pinho, presidente do FC Arouca há 18 anos, sendo o homem do leme do clube nas duas subidas de divisão e dos dois apuramentos para as competições europeias. Em 2013, concretizou o sonho que assumiu pela primeira vez sete anos antes, em 2006, quando se fez presidente do clube pela primeira vez. “Dizia que o objetivo era a Primeira Liga e as pessoas riam-se de mim” é uma das frases marcante do dirigente.

O segundo nome é o de Vítor Oliveira, treinador imortalizado como o Rei das Subidas e que infelizmente faleceu em 2020. Foi o principal responsável da equipa técnica que colocou a equipa do FC Arouca na Primeira Liga, feito que o técnico conquistou 11 vezes na sua carreira: aos arouquenses, juntam-se Paços de Ferreira (por duas vezes), Académica, União de Leiria, Belenenses, Leixões, Moreirense, União da Madeira, Desportivo de Chaves e Portimonense na lista de clubes que o treinador natural de Matosinhos colocou no principal escalão do futebol português.

Por fim, mas não menos importante, há que mencionar o ponta de lança Joeano. O atual treinador do Mansores, enquanto jogador, passou duas épocas de tremendo sucesso em terras de Santa Mafalda. Pelo FC Arouca, foi o melhor marcador da equipa e da Segunda Liga em ambas as temporadas, na primeira com 19 golos e na segunda e última com 27!

Foto: FC Arouca

Texto: Simão Duarte

sobre o autor
Simão Duarte
Discurso Direto
Partilhe este artigo
Relacionados
Newsletter

Fique Sempre Informado!

Subscreva a nossa newsletter e receba notificações de novas publicações.

O envio da nossa newsletter é semanal.
Garantimos que nunca enviaremos publicidade ou spam para o seu e-mail.
Pode desinscrever-se a qualquer momento através do link de desinscrição na parte inferior de cada e-mail.

Veja também