Candidatos a Deputados do PS/Aveiro garantam Mais Ação no Ensino Superior e na Ciência

Os candidatos a Deputados do Partido Socialista, pelo círculo eleitoral de Aveiro, reuniram com o Reitor da Universidade de Aveiro (UA), Paulo Jorge Ferreira, que atualmente preside ao Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, no âmbito da ronda de contactos que a candidatura do PS vem estabelecendo com entidades de relevante atividade e representatividade no Distrito.

O Partido Socialista considera o sistema de Ensino Superior e Ciência fundamentais para a transformação económica do país, pelo que a reunião com o Reitor da UA assume particular relevância. Nas cinco missões para um Portugal Inteiro, no quadro do Programa Eleitoral do PS, o Ensino Superior e a Ciência surgem, por isso, na 1ª missão: uma economia em transformação assente em contas equilibradas.

Naquele encontro, os candidatos socialistas constataram a importância de continuar a reforçar a base social de acesso ao ensino superior, seja pelo reforço das condições de acesso para os jovens que concluem a formação secundária, seja para os profissionais que encontram, no ensino superior, formação especializada ao longo da vida.

Dialogaram com o Reitor da UA sobre os mecanismos de reforço a autonomia das instituições, assente no novo contrato para a legislatura, que reforce as condições de financiamento das instituições de ensino superior, de estabilidade e previsibilidade das políticas.

Discutiu-se o reforço das condições de frequência do Ensino Superior, alargando o número de bolsas de ação social e continuando a política de diminuição do valor das propinas. Salientou-se especialmente nesta reunião às condições de alojamento, hoje um dos maiores custos na frequência do ensino superior, reiterando a prioridade do PS de reforço do complemento ao alojamento, mas alargando esse complemento a estudantes não beneficiários de ação social, para além da continuidade da execução do Plano Nacional de Alojamento no Ensino Superior, garantindo o compromisso de 30 mil camas até 2028.

Os candidatos transmitiram ainda que o PS pretende reforçar o financiamento na ciência, através da criação da Lei da Programação do Investimento em Ciência, que permita um quadro de reforço da previsibilidade e estabilidade do financiamento a pelo menos 10 anos; a revisão das carreiras docentes, e a conclusão da revisão da carreira de investigação científica, abrindo 1000 novas vagas para posições permanentes na carreira de investigação. Em suma almejam acelerar a implementação das Agendas Mobilizadoras, instrumentos de reforço da competitividade nacional, de alteração da estrutura produtiva, de reindustrialização do país e de internacionalização, fundamentais em distritos como o de Aveiro, sendo que a UA é um parceiro fundamental neste desígnio.

sobre o autor
Ana Isabel Castro
Discurso Direto
Partilhe este artigo
Relacionados
Newsletter

Fique Sempre Informado!

Subscreva a nossa newsletter e receba notificações de novas publicações.

O envio da nossa newsletter é semanal.
Garantimos que nunca enviaremos publicidade ou spam para o seu e-mail.
Pode desinscrever-se a qualquer momento através do link de desinscrição na parte inferior de cada e-mail.

Veja também