Lobos de Arouca devoram bolinhol de Vizela (5-0)

Vitória coloca o Arouca na metade superior da tabela

No primeiro jogo da segunda volta em casa, o Arouca recebeu e goleou o Vizela. A mão cheia de golos e consequente vitória elevam o Arouca, provisoriamente, ao nono lugar da Liga.

Como seria de se esperar, Rafael Fernandes voltou ao onze titular, na única alteração de Daniel Sousa. No Vizela, Rúben de la Barrera trocou Samu, Busnic e Lebedenko por Jota, Méndez e Nuno Moreira.

Com ambas as equipas em 4-4-2, foi o Arouca a fazer o primeiro aviso, com Mujica a testar os reflexos de Buntic. Pouco demoraria até aparecer o golo. Para evitar que Jason ficasse na cara do guarda-redes, Anderson intercetou um cruzamento atrasado de Weverson e a bola ficou à mercê de Mujica que, à entrada da área, atirou com força e inaugurou o marcador. À passagem do minuto 14, Anderson empurra Cristo na área e o árbitro Luís Godinho marcou penalty. Chamado à marcação, Cristo não vacilou. 2-0 com bola para um lado, guarda-redes para o outro. Em pouco mais de quinze minutos, a vantagem já era simpática. O Vizela ainda reagiu após os golos, com Essende a protagonizar duas oportunidades de perigo em pouco tempo, mas não conseguiu acertar na baliza. Com a sua saída por lesão, o Vizela perdeu todo o pendor ofensivo durante grande parte do jogo. A primeira parte resume-se a algum equilíbrio entre as equipas, com os Lobos de Arouca a terem a finalização que o Vizela nunca teve.

A segunda parte foi completamente diferente. Domínio total dos arouquenses e apatia total do Vizela que nada conseguia fazer. Só Dylan, Ba-Sy e Matheus Pereira conseguiram assustar com os seus quatro remates. Tirando isso, o Arouca conseguiu com relativa facilidade chegar várias vezes à área contrária, grande parte das vezes com classe. Depois do autogolo de Matheus Pereira ao minuto 50, Cristo fez uma belíssima jogada ao minuto 58, onde fintou a defesa adversária, pecando apenas na finalização. Nos minutos finais, veio a machadada final. Mujica, com estilo, cabeceou fazendo uma chapelada a Busnic e Cristo repetiu a jogada do minuto 58 já depois do minuto 90, mas desta vez conseguiu marcar.

Com esta vitória cheia de golos e de qualidade de jogo, o Arouca soma 22 pontos, estando provisoriamente em nono lugar. Já o Vizela está em décimo sétimo lugar, lugar de descida, com 13 pontos.

Suplentes Arouca:

J.Valido (GR), M.Rocha, Milovanov (DF), Busquets, P.Moreira (MD) Trezza, Puche, Lawal, Michel (AT)

Ficaram de fora Quaresma, Galovic, Hamache, Vitinho (lesionados), P.Santos (suspenso), Bukia, Thiago, Moses (opção)

Suplentes Vizela:

Bursac, Ruberto (GR), O.Lebedenko, (DF), Bustamante, Busnic, Messias (MD), Ba-Sy, Awudu, Dylan (AV)

Substituições Arouca:

70 – Saem R.Fernandes, Kouassi e Sylla, entram M.Rocha, Busquets e Lawal

78 – Sai D.Simão, entra P.Moreira

83 – Sai Esgaio, entra Milovanov

Substituições Vizela:

43 – Sai Essende, entra Ba-Sy

68 – Saem Mendéz e N.Moreira, entram Awudu e Dylan

Arbitragem:

Luís Godinho, R.Teixeira, P.Mota, D.Gorjão. No VAR, Manuel Oliveira e H.Santos.

Disciplina Arouca:

Cartão amarelo a Montero (79)

Disciplina Vizela:

Cartão amarelo a M.Pereira (13) e Escoval (16)

Conferência de imprensa:

Daniel Sousa (FCArouca): “Foi uma vitória da equipa, dos jogadores, com espaço para tudo. É a mensagem que passamos diariamente: quando a equipa brilha, todos os jogadores podem brilhar, e hoje foi um bom exemplo disso.“

Rúben de la Barrera (FCVizela): “Estamos numa situação muito débil na tabela, então o importante é ter claro o caminho e, a partir daí, tomar as melhores decisões para que a equipa seja competitiva, eficiente e eficaz.”

Foto: FCArouca

Simão Duarte

sobre o autor
Simão Duarte
Discurso Direto
Partilhe este artigo
Relacionados
Newsletter

Fique Sempre Informado!

Subscreva a nossa newsletter e receba notificações de novas publicações.

O envio da nossa newsletter é semanal.
Garantimos que nunca enviaremos publicidade ou spam para o seu e-mail.
Pode desinscrever-se a qualquer momento através do link de desinscrição na parte inferior de cada e-mail.

Veja também