FC Arouca regressa às vitórias na visita ao Estoril (1-2)

Primeira vitória depois de três derrotas seguidas

No primeiro jogo da segunda volta, o Arouca repetiu o feito da primeira volta e venceu o Estoril por 1-2. A visita ao António Coimbra da Mota não poderia ter melhor desfecho, para poder arrumar a sequência de três derrotas seguidas.

Weverson, que estava em dúvida, entrou para o onze inicial. Do lado do Estoril, Koindredi (associado ao Sporting), Volnei e Marqués foram as três alterações relativamente ao último jogo.

A equipa treinada por Vasco Seabra entrou a matar, marcando logo ao segundo minuto de jogo. Rafik Guitane fez uma chapelada monumental a Arruabarrena, que nada conseguiu fazer. Começam a faltar palavras para elogiar o quão incrível Guitane é. Ao minuto sete, o extremo serviu Marqués e só o poste salvou o Arouca de sofrer dois golos nos primeiros minutos de jogo. Os arouquenses não poderiam ter dado melhor resposta, pois no mesmo lance Cristo assistiu Mujica que, na cara de Carné, finalizou com frieza. Com o belíssimo golo do Estoril e a resposta quase imediata do Arouca, adivinhava-se um belo espetáculo de futebol. E assim foi, com ambas as equipas bastante rápidas, móveis e pressionantes.

Depois dos golos, o jogo esteve bastante partido, com maior pendor ofensivo do Estoril, que registou inúmeras oportunidades para dilatar a vantagem. A mais perigosa foi perto da meia hora de jogo, quando Weverson tirou em cima da linha um golo certo do Estoril. No final da primeira parte, o Arouca voltou a reagir com forte pendor ofensivo, que culminou em golo em cima do minuto 45. Num canto sublimemente batido por David Simão, Esgaio voltou a mostrar a sua capacidade de impulsão e, ao primeiro poste, subiu mais alto que todos e fez o 1-2.

Os Lobos de Arouca entraram na segunda parte como tinham acabado a primeira. Ao minuto 56, Mujica viu o seu remate ser travado por uma gigante defesa de Carné, que desviou um golo certo para canto.

Como seria de se esperar vindo de uma equipa de qualidade e com vontade de obter outro resultado, o Estoril dominou grande parte da segunda parte, testando a solidez defensiva do Arouca. Tiago Araújo, com passagem pelo Arouca, atirou um míssil ao poste ao minuto 64. Quatro minutos depois, Cassiano não conseguiu passar por Arruabarrena. A sete minutos do fim, Montero foi gigante ao tirar o pão da boca de Cassiano, que estava prestes a encostar à boca da baliza.

O Estoril de tudo fez para alcançar o empate, mas a robustez defensiva do Arouca não deixou. A equipa de Daniel Sousa regressa assim às vitórias, numa exibição muito bem conseguida, frente a um adversário que também sabe jogar à bola.

Suplentes Arouca:

Valido (GR), R.Fernandes, Milovanov (DF), P.Santos (MD) Bukia, Michel, Trezza, Lawal, Puche (AT)

Ficaram de fora Galovic, Quaresma, P.Moreira, Hamache, Busquets, Vitinho (lesionados), Thiago, Moses (opção)

Suplentes Estoril:

Dani Figueira (GR), Harouna, Wagner, Mangala (DF), Ndiaye, Michel (MD), J. Carlos, Heriberto, Cassiano (AT)

Substituições Arouca:

45 – Saiu M.Rocha, entrou P.Santos

73 – Saiu Jason, entrou Trezza

79 – Saiu Sylla, entrou Lawal

85 – Saíram Cristo e D.Simão, entraram Puche e R.Fernandes

Substituições Estoril:

65 – Saiu Marqués, entrou Cassiano

78 – Saiu T.Araújo, entrou Heriberto

85 – Saiu J.Marques e R.Parra, entraram J.Carlos e Wagner

Arbitragem:

João Gonçalves, J. Silva, Ângelo. C, P. Vieira. No VAR, T. Martins, A. Campos

Disciplina Arouca:

Cartão amarelo a P.Santos (50) e Esgaio (87)

Disciplina Estoril:

Cartão amarelo a J.Marques (50), J.Carlos (93) e Wagner (97)

Conferência de imprensa:

Daniel Sousa (Arouca) – “Nestes últimos dois jogos não tivemos tanto a bola como costumamos ter, porque não tem sido o nosso padrão, mas o que ressalvo é que a equipa está preparada para fazer coisas diversas, e isso é muito importante, porque não conseguimos ter a bola o tempo todo.

Vasco Seabra (Estoril) – “Penso que fomos uma equipa que foi atrás, proativa, que procurou e faltou-nos, de facto – não foi só o que faltou –, os golos marcados, porque poderíamos ter feito mais golos.”

Foto: FCArouca

Simão Duarte

 

sobre o autor
Simão Duarte
Discurso Direto
Partilhe este artigo
Relacionados
Newsletter

Fique Sempre Informado!

Subscreva a nossa newsletter e receba notificações de novas publicações.

O envio da nossa newsletter é semanal.
Garantimos que nunca enviaremos publicidade ou spam para o seu e-mail.
Pode desinscrever-se a qualquer momento através do link de desinscrição na parte inferior de cada e-mail.

Veja também