Turma do 11ºF da ESA conquista 2º lugar no concurso internacional “Top 5 de La Chanson Francophone D`Aujourd`hui”

O concurso, dinamizado pela APFIZ, contou com a participação de 323 turmas de francês de 12 países, incluindo Portugal

A turma de francês do 11.º F, da ESA, conquistou o segundo lugar no concurso internacional, promovido pelo CEO-FIPF (Comité d’Europe de l’Ouest – Fédération Internationale des Professeurs de Français), no âmbito das comemorações do dia internacional do professor de francês (Journée Internationale du Professeur de Français – JIPF).

O concurso que se chama “Top 5 de la chanson francophone d’aujourd’hui”, destinado a turmas de francês do mundo inteiro, foi dinamizado pela Associação de professores de Francês de Izmir (APFIZ), com o objetivo de promover o interesse pela língua francesa e pela diversidade e riqueza cultural que ela abrange, através da música contemporânea francófona. O concurso consistia em selecionar e apresentar as cinco melhores canções francófonas da atualidade, proporcionando aos alunos a oportunidade de explorar a expressividade artística, a linguagem e os temas culturais presentes na música.

A turma do 11.º F destacou‑se pela objetividade na sua escolha musical, das quatro turmas que participaram, tendo em consideração a qualidade musical e poética das canções, a expressividade e o carisma dos artistas selecionados.

O concurso, dinamizado pela APFIZ, contou com a participação de 323 turmas de francês de 12 países, incluindo Portugal.

“A turma de Arouca recebeu como prémio, pela conquista do segundo lugar, um pequeno-almoço à la française. Os alunos mostraram-se muito felizes e orgulhosos com o resultado, e agradeceram à sua professora de francês, Elvira Tavares, que os apoiou e orientou durante todo o processo. O grupo disciplinar de francês orgulha-se não apenas do lugar alcançado, mas também da oportunidade de contribuir para a promoção da língua francesa e da diversidade cultural que ela representa. A conquista do segundo lugar é um testemunho do compromisso dos alunos e professores em abraçar não apenas a língua, mas também a riqueza cultural que ela oferece. Para além disso, este é um exemplo de como o ensino de línguas pode ser divertido e enriquecedor, e de como os nossos alunos podem brilhar além-fronteiras. Que esta conquista inspire os nossos alunos a explorar e apreciar a diversidade cultural através do estudo do francês!”, referiu o AEA numa publicação na sua página web.

Fonte: AEA

Fotos: Carlos Pinho

 

 

sobre o autor
Ana Isabel Castro
Discurso Direto
Partilhe este artigo
Relacionados
Newsletter

Fique Sempre Informado!

Subscreva a nossa newsletter e receba notificações de novas publicações.

O envio da nossa newsletter é semanal.
Garantimos que nunca enviaremos publicidade ou spam para o seu e-mail.
Pode desinscrever-se a qualquer momento através do link de desinscrição na parte inferior de cada e-mail.

Veja também