Quarta derrota seguida dos Lobos

Arouquenses visitaram o Sporting, tendo sofrido nova derrota(2-1)

No jogo de fecho da oitava jornada da Liga Portugal Betclic, a equipa do FC Arouca visitou o Sporting, tendo perdido por 2-1, naquela que é a quarta derrota seguida da equipa de Daniel Ramos para a Liga. O Sporting, por sua vez, conquistou ontem a quarta vitória seguida, subindo ao pódio da tabela.

Relativamente à jornada anterior, o treinador do Arouca entrou em campo com uma 3-4-3, tendo por base uma ideia de jogo muito idêntica à usada no Dragão contra o Porto. Daniel Ramos promoveu a reentrada de Mujica para o onze titular, uma opção que o ponta de lança espanhol fez por justificar. Por sua vez, Rúben Amorim manteve o onze escolhido para a visita ao Farense.

A primeira parte da partida do passado domingo fica marcada pelo domínio dos leoninos, que tiveram mais bola e criaram mais oportunidades. O Arouca foi-se defendendo como podia, contudo, pela meia hora de jogo, o nórdico Gyokeres viu-se livre da marcação de Esgaio, e respondeu ao cruzamento milimétrico de Edwards com uma finalização certeira. Oito minutos depois, Edwards volta a fazer um cruzamento venenoso, que passou por todos, e, mesmo à boca da baliza, nem Coates nem Diomande conseguiram aproveitar. Numa altura em que o Sporting tinha o jogo dominado, surge um percalço: Diomande leva o segundo amarelo, por falta sobre Trezza.

A expulsão alterou o rumo do jogo, já que, depois de uma primeira parte apagada, o Arouca entrou para a segunda com uma nova energia. As entradas de Jason e de P. Santos mexeram com o jogo, e os arouquenses, na primeira oportunidade que criam no segundo tempo, fezem golo. Aos 51 minutos, Jason cruza para Mujica que, solto de marcação, cabeceia para o fundo das redes. A desvantagem numérica do Sporting não os acanhou, já que depois do Arouca marcar, o Sporting foi respondendo. Logo aos 55, Nuno Santos levou muito perigo à baliza de Arrubarrena. O guardião uruguaio pouco pôde fazer uns minutos depois, aos 68, quando Morita aparece na área para fazer o 2-1. O médio japonês respondeu da melhor forma à jogada individual na ala por Pote, voltando a dar ao Sporting a vantagem no encontro.

Até ao fim do jogo, ambas as equipas somaram algumas oportunidades. A mais perigosa pertence ao Sporting, quando G.Catamo, aos 84, obrigou Arruabarrena a defesa apertada. Houve ainda a expulsão, também por acumulação de amarelos, de R.Fernandes, por impedir a progressão de Gyokeres, num contra-ataque em que o sueco partia isolado.

O Sporting manteve a sua sequência de vitórias e o Arouca a sua sequência de derrotas, num jogo bastante combativo, no qual fica a ideia de que, apesar do domínio do Sporting, o Arouca poderia ter aproveitado melhor a vantagem numérica.

Suplentes Sporting:

F.Israel (GR), Neto, E.Quaresma, M.Reis, (DF), D.Bragança, D.Essugo, Fresneda(MD), G.Catamo, Paulinho(AT)

Suplentes Arouca:

Thiago(GR), Galovic (DF), P.Santos, Kouassi, Moses (MD), Jason, Lawal, Bukia, Puche (AT)

Ficaram de fora B.Michel, Quaresma, Valido, P.Moreira e  Vitinho.

Substituições Sporting:

46 – Sai Edwards, entra M.Reis

58 – Sai N.Santos, entra G.Catamo; sai Esgaio, entra E.Quaresma

82 – Sai Hjulmand, entra D.Bragança

88 – Sai E.Quaresma, entra Neto

Substituições Arouca:

46 – Sai Busquets, entra P.Santos; sai Milovanov, entra Jason

76 – Sai Trezza, entra Puche

80 – Sai Jason, entra Bukia

Arbitragem:

António Nobre, Paulo Brás, Nelson Pereira e Halim Shirzad. No VAR, Bruno Esteves, Pedro Felisberto

Disciplina Sporting:

Cartão amarelo a Diomande (30), Edwards (45+2), E.Quaresma (62), vermelho a Diomande (42)

Disciplina Arouca:

Cartão amarelo a Mujica (30), Trezza (58), Weverson (60), R.Fernandes (64), Arruabarrena (74), P.Santos (93), vermelho a R.Fernandes (87).

Conferência de imprensa:

R.Amorim (Sporting) – “Sem dúvida, gostei da reação, e já estava satisfeito antes. O empate foi cruzamento, não defendemos bem a zona da baliza, mas estivemos sempre equilibrados.”

Daniel Ramos (Arouca) – “O Arouca tem que aproveitar as oportunidades todas para somar. Tem desperdiçado algumas. Primeira parte Sporting superior, faltou-nos ter bola. Com mais um, procuramos dar largura e através do jogo exterior, chegamos ao empate. Podíamos ter feito mais.”

Foto: Pedro Fontes

sobre o autor
Simão Duarte
Discurso Direto
Partilhe este artigo
Relacionados
Newsletter

Fique Sempre Informado!

Subscreva a nossa newsletter e receba notificações de novas publicações.

O envio da nossa newsletter é semanal.
Garantimos que nunca enviaremos publicidade ou spam para o seu e-mail.
Pode desinscrever-se a qualquer momento através do link de desinscrição na parte inferior de cada e-mail.

Veja também