Nervos à flor da pele

Arouca volta a perder pontos, num jogo (0-2) marcado pelo nervosismo

No início da tarde quente do passado domingo, o FCArouca recebeu a equipa do Chaves, tendo voltado a ceder pontos (0-2). Moreno, agora no comando dos flavienses, fez duas alterações no onze titular, já Daniel Ramos promoveu a entrada de Busquets para o onze.

A primeira parte do jogo caracteriza-se pelo domínio do Arouca, o que não quer dizer que as oportunidades criadas justificassem que a equipa da casa fosse para o intervalo a ganhar. Com 68% de posse de bola, o dobro dos ataques do adversário e 7 remates (dos quais apenas 1 foi à baliza), os arouquenses mostraram sempre muita dificuldade em visar a baliza defendida por Hugo Souza. Os primeiros 10 minutos foram morninhos, sem grande perigo por qualquer uma das duas equipas, e até ao intervalo, foi o Arouca quem conseguiu mais facilmente chegar à baliza forasteira. O destaque da primeira parte, que acabaria por marcar o restante jogo, foi a expulsão de David Simão. Após falta de Weverson, o capitão arouquense foi expulso por palavras que terá dito ao árbitro.

Com esta expulsão nas vésperas do intervalo, os 1765 espetadores no Municipal de Arouca começaram a ficar cada vez mais nervosos, o que acabou por ser também o espelho da segunda parte. Ambas as equipas apresentaram-se em campo bastante nervosas, tendo bastante pressa especialmente no último terço do terreno em visar a baliza do adversário. Isso resultou em vários passes de rutura falhados e em poucos remates, especialmente para um jogo em que ambas as equipas procuravam os três pontos. Aos 49 minutos, na sequência de um canto, Montero salta com a mão erguida, que após consulta do VAR, Filipe Melo dá penalty para os flavienses. Arruabarrena ainda adivinhou o lado para onde Hector Hernandez, ponta de lança espanhol, rematou a bola, contudo a bola foi bastante colocada.

O Arouca reagiu, somando algumas oportunidades, das quais apenas uma foi à baliza (cabeceamento de Cristo aos 81 minutos). Mas como o desespero e o nervosismo já falavam mais alto, num lance em que a defesa do Arouca abre uma cratera, Hector Hernandez aproveita-a para assistir João Correia. O remate do capitão do Chaves desviou em Bukia, causando dificuldades a Arruabarrena, que não conseguiu defender a bola.

O Chaves conquistou assim os seus primeiros três pontos nesta edição da Liga, num jogo com os nervos à flor da pele, onde o futebol praticado pelas duas equipas nunca foi muito bonito, mas sim prático.

Suplentes Arouca:

Thiago(GR), Galovic, Esgaio(DF), P.Santos, Kouassi, (MD), Mujica, Lawal, Bukia, Puche (AT)

Ficaram de fora B.Michel, Quaresma, Valido, P.Moreira e  Vitinho.

Suplentes Chaves:

R.Moura (GR), S.Cruz, J.Queirós, H.Sylla (DF), J.Pedro, P.Pinho, B,Sousa(MD), R.Ribeiro, P.Vítor (AT)

Substituições Arouca:

58 – Sai Jason, entra Mujica

69 – Sai Milovanov, entra Esgaio; sai Trezza. Entra Bukia.

82 – Sai Cristo, entra Lawal; sai Weverson, entra Puche.

Substituições Chaves:

59 – Sai L.Sanca, entra R.Ribeiro

70 – Sai Guima, entra P.Pinho; sai Jô, entra B.Sousa

79 – Sai Kelechi, entra J.Pedro; sai Y.Nogueira, entra J.Queirós

Arbitragem:

Fábio Melo, Sérgio Jesus, Carlos Martins e Márcio Torres. No VAR Rui Oliveira e Pedro Ribeiro

Disciplina Arouca:

Cartão amarelo a Sylla (1), Weverson (47) e Trezza (53), vermelho a D.Simão (47)

Disciplina Chaves:

Cartão amarelo a J.Correia (35), H.Souza (46), H.Hernandez (53), Guima (64) e Y. Nogueira (73)

Conferência de imprensa:

Moreno (Chaves) – “Só quem está no futebol sabe o quão difícil é preparar jogos com a equipa na situação em que nós estamos. Ia dizer estávamos, mas ainda estamos. Festejamos o que tínhamos de festejar, mas terça feira à tarde já focamos novamente no trabalho.”

Daniel Ramos (Arouca) – “Estávamos a ter o domínio, a ganhar metros e a criar perigo antes da expulsão. Estávamos por cima do jogo. A expulsão foi o primeiro grande revés para nós. O segundo foi o penalty, é escusado. Quem teve mais iniciativa? Arouca. Quem teve mais bola?Arouca. Quem teve mais oportunidades? Arouca. Mas o resultado foi 0-2”.

Foto: Pedro Fontes

Simão Duarte

sobre o autor
Simão Duarte
Discurso Direto
Partilhe este artigo
Relacionados
Newsletter

Fique Sempre Informado!

Subscreva a nossa newsletter e receba notificações de novas publicações.

O envio da nossa newsletter é semanal.
Garantimos que nunca enviaremos publicidade ou spam para o seu e-mail.
Pode desinscrever-se a qualquer momento através do link de desinscrição na parte inferior de cada e-mail.

Veja também