A ineficácia paga-se cara

Segunda derrota seguida, em jogo com inúmeras oportunidades

No jogo de abertura da sexta jornada, em visita ao Estádio Municipal de Famalicão, o Arouca sofreu a segunda derrota seguida na Liga. Relativamente ao último jogo, Daniel Ramos promoveu o regresso de Esgaio e João Pedro Sousa trocou Topic e Liimatta por Lacoux e Chiquinho.

O jogo começou com o Arouca mais intenso, somando dois remates aos 10 minutos, sem grande perigo. O primeiro remate do Famalicão surge aos 13, também sem grande perigo. Aos 17, o Arouca beneficia de uma falta à entrada da área, que acaba por sobrar para Mujica, que remata para defesa apertadíssima. Depois de uma falta sobre Mujica, os famalicenses efetivam um contra-ataque perigoso, que resulta num corte magistral de Sylla.

Depois de vários remates sem perigo do Arouca, o Famalicão, que vinha ameaçando, marca aos 28 minutos. Na sequência de um canto, Otávio no meio de vários jogadores, cabeceia colocado, sem hipóteses para Arruabarrena. O Arouca responde aos 28, por Cristo, com uma defesa instintiva de Luis Junior, naquele que é o último remate dos amarelos e azuis na primeira parte, pois daí até ao intervalo, o Famalicão esteve por cima. Ainda antes do intervalo, o Arouca sofre o percalço da saída de Esgaio, lesionado.

A segunda parte é dominada pelos arouquenses, a nível da criação de oportunidades, contudo, nunca conseguiram capitalizá-las. O nervosismo da equipa arouquense ao tentar finalizar aliou-se a uma exibição estrondosa (coroada com o prémio de homem do jogo) de Luiz Júnior e ainda com bolas a irem à trave e ao poste. Aos 56 minutos, Riccieli recebe o segundo amarelo num lance que dá penalty para o Arouca. Sylla bate para defesa do guarda-redes famalicense, o VAR manda repetir o penalty por invasão da área dos jogadores do Famalicão e novamente Sylla falha, atirando à trave. A vantagem numérica durou 20 minutos, já que Mujica perdeu a cabeça e pisou Chiquinho, recebendo por isso ordem de expulsão.

O jogo, na sua globalidade, foi dominado pelo Arouca, mas apesar de ter criado tantas oportunidades, não as conseguiu concretizar, por culpa própria e por mérito do adversário. O Famalicão fica com os três pontos, por ter conseguido conter o Arouca, mas acima de tudo por ter conseguido manter a calma, apesar das incidências.

 

Suplentes Arouca:  Valido(GR), M.Rocha, Milovanov (DF), Kouassi, Busquets, P.Santos,(MD), Puche, Lawal, Bukia (AT)

Ficaram de fora: Vitinho, B.Michel, Quaresma, P.Moreira, Thiago, Weverson, Moses

Suplentes Famalicão:   Zlobin(GR), De Haas, Nathan, (DF), Topic, G.Assunção, Gustavo.S, Liimatta (MD), H.Araújo, A.Rodrigues(AT)

 

Substituições Arouca: 44 – Sai Esgaio, entra B.Milovanov; 75 – Sai Sylla, entra P.Santos; sai Galovic, entra Bukia; sai Trezza, entra Puche; 87 – Sai D.Simão, entra Busquets

Substituições Famalicão: 59 – Sai Aranda, entra De Haas; sai Lacoux, entra Topic; 65 – Sai Aguirregabiria, entra Nathan; sai Cádiz, entra H.Araújo; 83 – Sai Chiquinho, entra A.Rodrigues

Arbitragem: Bruno Vieira, Hugo Ribeiro, Francisco Pereira e Carlos Teixeira. No VAR, Miguel Nogueira, Nuno Pires

Disciplina Arouca: Cartão amarelo a Jason (20) e Galovic (64), vermelho a Mujica (77) e Daniel Ramos (90+5)

Disciplina Famalicão:  Cartão amarelo a Otávio (16), Riccieli (39), Aranda (45+1) e Aguirregabiria (50), vermelho a Riccieli (58)

Conferência de imprensa:

João.P.Sousa (Famalicão) – “Tivemos um adversário que esteve sempre equilibrado. Foi um jogo competitivo e taticamente muito rico. Foi um jogo difícil, uma primeira parte competitiva, com oportunidades dos dois lados.”

Daniel Ramos (Arouca) – “Hoje, aconteceu-nos muita coisa. Até entrámos bem no jogo e depois o Famalicão acaba por estar um pouco por cima. Fomos a equipa que teve mais oportunidades, que mais dominou, e até ao final foi tentar responder. A culpa é nossa porque tivemos caudal, oportunidades, qualidade e volume de jogo suficiente para pontuar e continuamos com seis pontos. Isto tem de ser um alerta à navegação por que não chega jogar bem”

Simão Duarte

Fotos: Pedro Fontes

 

 

 

 

sobre o autor
Simão Duarte
Discurso Direto
Partilhe este artigo
Relacionados
Newsletter

Fique Sempre Informado!

Subscreva a nossa newsletter e receba notificações de novas publicações.

O envio da nossa newsletter é semanal.
Garantimos que nunca enviaremos publicidade ou spam para o seu e-mail.
Pode desinscrever-se a qualquer momento através do link de desinscrição na parte inferior de cada e-mail.

Veja também