Orquestra Maré do Amanhã visita Arouca na sua primeira digressão por Portugal

A visita ao nosso concelho, terra natal do maestro que inspirou a sua criação, será no próximo dia 30 de julho

Entre os dias 20 de julho e 6 de agosto, a orquestra brasileira Maré do Amanhã irá percorrer o país para uma digressão que, para além de visitar a terra natal da pessoa que inspirou a sua criação, passará também pelas cidades de Lisboa, Cascais e Porto.

Esta é uma orquestra social originária de uma das favelas mais violentas do Rio de Janeiro, que começou com 26 alunos e, 13 anos depois, já alcançou mais de 3500. Atualmente é dirigida pelo filho do maestro português Armando Prazeres, que foi assassinado em 1999.

A Orquestra criada em 2010 tornou-se num projeto que introduz música clássica a milhares de crianças que vivem em local tão perigoso. Os alunos desta instituição recebem auxílio financeiro, no valor do salário mínimo, bolsas de estudo em escolas privadas, aulas particulares para o seu instrumento e atendimento psicossocial.

Já este ano, em 2023, a OMA foi eleita como Património Cultural Imaterial do Rio de Janeiro, um dos vários feitos desta organização, que se junta a outros como uma apresentação para o papa no Vaticano ou o concerto no Réveillon do Rio de Janeiro, com Anita, em frente a 2,5 milhões de pessoas.

O programa para as visitas a Portugal é o seguinte:

  • 28 de julho – Concerto para peregrinos da Jornada Mundial da Juventude na Catedral da Sé do Porto, às 17h
  • 30 de julho – Concerto na Praça de Arouca, às 19h
  • 1 e 5 de agosto – Concerto em Cascais
sobre o autor
Ana Isabel Castro
Discurso Direto
Partilhe este artigo
Relacionados
Newsletter

Fique Sempre Informado!

Subscreva a nossa newsletter e receba notificações de novas publicações.

O envio da nossa newsletter é semanal.
Garantimos que nunca enviaremos publicidade ou spam para o seu e-mail.
Pode desinscrever-se a qualquer momento através do link de desinscrição na parte inferior de cada e-mail.

Veja também