FC Arouca na Europa pela segunda vez na história

A formação arouquense venceu o Desportivo de Chaves em casa por 1-0

O FC Arouca alcançou, finalmente, a tão ambicionada qualificação para as competições europeias. Numa partida a contar para 33ª jornada da primeira Liga, os lobos receberam o Desportivo de Chaves no Estádio Municipal de Arouca e venceram por uma bola a zero.

Depois de uma primeira parte bastante equilibrada e com algumas oportunidades de golo para os dois lados, o guarda-redes uruguaio Arruabarrena seria, uma vez mais, o jogador em maior destaque ao efetuar duas enormes defesas a remates de Héctor Hernandez e João Correia. O central canadiano Steven Vitória ainda falhou um penálti para os flavienses já para lá dos 45 minutos.

Uma grande penalidade apontada pelo guineense Morlaye Sylla, aos 63 minutos de jogo, foi o suficiente para selar o triunfo pela margem mínima.

Com este resultado, a equipa orientada por Armando Evangelista manteve o 6º lugar e passou a somar 51 pontos, contra 53 do Vitória de Guimarães (também já com lugar europeu assegurado), 46 do Desportivo de Chaves (que não se inscreveu na Europa) e 43 do Famalicão.

Regresso à Europa sete anos depois

Depois de duas descidas de divisão consecutivas, o FC Arouca dirigido pelo presidente Carlos Pinho, voltou a trepar nos campeonatos nacionais até às provas da UEFA.

Já lá vão sete anos, desde que a equipa orientada na altura por Lito Vidigal, se qualificou pela primeira vez para as competições europeias. Recorde-se que na época 2016/17, o clube disputou duas rondas de acesso à Liga Europa: primeiro com o Heracles (1-1 na Holanda e 0-0 em Arouca) e depois com o Olympiakos da Grécia, no play-off final em que a equipa saiu de cabeça erguida, após ter sido eliminada em Atenas apenas no prolongamento.

Desta vez, os adeptos voltaram a festejar o apuramento para a nova Liga Conferência num Municipal de Arouca colorido de amarelo e azul.

A uma jornada do fecho da Liga, a equipa arouquense vai ainda discutir o 5º lugar com o Vitória de Guimarães.

33ª Jornada – Estádio Municipal de Arouca

FC Arouca: Arruabarrena; Tiago Esgaio, João Basso, Opoku e Quaresma (Pedro Moreira, 90+3); Busquets (Soro, 70), David Simão (Velázquez, 90+3) e Alan Ruiz (Arsénio, 80); Antony, Sylla e Mújica (Bruno Marques, 80).

Suplentes não utilizados: Thiago Rodrigues, Galovic, Moses e Lawal.

Treinador: Armando Evangelista

 

GD Chaves – Paulo Vítor; João Correia (Juninho, 77), Steven Vitória (João Pedro, 85), Carlos Ponck e Nélson Monte; Bruno Langa (Sandro Cruz, 77), João Mendes e João Teixeira; Guima (Obyora, 45), Benny Sousa (Abass, 45), Héctor Hernández.

Suplentes não utilizados: Rodrigo Moura, João Queirós, Sarr e Luther Singh.

Treinador: Vitor Campelos

Texto: Luís Teixeira

Sylla, o autor do golo
sobre o autor
Alberto Pinho Gonçalves
Discurso Direto
Partilhe este artigo
Relacionados
Newsletter

Fique Sempre Informado!

Subscreva a nossa newsletter e receba notificações de novas publicações.

O envio da nossa newsletter é semanal.
Garantimos que nunca enviaremos publicidade ou spam para o seu e-mail.
Pode desinscrever-se a qualquer momento através do link de desinscrição na parte inferior de cada e-mail.

Veja também