“Casa da Tulha” em Vale de Cambra acolherá parte do Festival Pés Serra

 Festival insere-se em toda a região das Montanhas Mágicas

Nos dias 6 e 7 de maio, as comunidades de alguns dos pontos mais remotos das Montanhas Mágicas voltarão a juntar-se para organizar o Festival Pés na Serra, e Vale de Cambra é um dos locais escolhidos, na Casa da Tulha, Cepelos.

Durante o festival pode participar em vários eventos como: Canta e Dança; Caminhadas e passeios fotográficos por alguns dos cenários mais marcantes das montanhas; várias oficinas de artesanato, cerâmica e macramé; mercados de produtos locais, vintage e segunda mão; land art; Yoga, meditação e jiu jitsu ao ar livre, sessões de desenvolvimento pessoal; bailes tradicionais e outras tradições que não se podem perder, assim como música de variados artistas.

O destaque do palco da Casa da Tulha de Cepelos, já a caminho da Serra da Freita, será o concerto de MÁRCIA, marcado para sábado, dia 6 de maio, às 18h00.

Em Vale de Cambra, no decorrer do evento, será possível participar numa variedade de iniciativas, como por exemplo: no sábado, dia 6, o showcooking com produtos locais, no workshop “Fios e Flores”, o BTT Mini Duros, e à noite poderá vibrar com os bombos da TRuPe acompanhados por um espetáculo de fogo. No domingo, dia 7, poderá participar no Baile/Workshop Medieval – MD5, durante a manhã e, durante a tarde, assistir aos cantares ao desafio e ao folclore do Terras de Arões.

Durante os dois dias, com a participação das associações e comunidades locais, também haverá a iniciativa “Caldo Comunitário”, gastronomia tradicional, um mercado à moda antiga e uma mostra de artesanato.

O cenário da Casa da Tulha é rustico, uma construção da primeira metade do século XVIII, com paredes de granito e o chão das divisões em madeira. A casa inclui uma adega e um lagar.

Antigamente dependente do Mosteiro de Arouca, para recebimento das rendas conventuais, a Casa da Tulha já fez parte do Museu Municipal, como núcleo museológico, estando atualmente desativada como tal. Com um interessante aspeto geral é o portal – encimado por fogaréus e por uma cruz – que assume o protagonismo desta peça arquitetónica.

A Casa da Tulha já serviu de palco de oficinas de trabalho e ateliers dedicados às crianças, promovidos pelo Serviço Educativo do Museu Municipal, assim como de diversas atividades culturais, como o Mercado Antigo e o Festival de Música Ibérica. Atualmente, serve de cenário a eventos similares ao Pés na Serra, “emprestando” a sua envolvente natural e bucólica; a sua vista privilegiada para um por de sol de Verão e todo o seu significado histórico às concretizações culturais realizadas pelo município.

O festival Pés na Serra, que abraça os sete concelhos das Montanhas Mágicas (Arouca, Castelo de Paiva, Castro Daire, Cinfães, São Pedro do Sul, Sever do Vouga e Vale de Cambra), celebra a natureza, as comunidades das serras e as suas tradições, no cenário inesquecível das montanhas em maio. Este evento será de entrada livre.

sobre o autor
Ana Isabel Castro
Discurso Direto
Partilhe este artigo
Relacionados
Newsletter

Fique Sempre Informado!

Subscreva a nossa newsletter e receba notificações de novas publicações.

O envio da nossa newsletter é semanal.
Garantimos que nunca enviaremos publicidade ou spam para o seu e-mail.
Pode desinscrever-se a qualquer momento através do link de desinscrição na parte inferior de cada e-mail.

Veja também